A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult-Funcarte), concluiu nesta quinta-feira (14) o processo de restauração da estátua de Iemanjá. Todo o reparo foi efetuado pelo escultor Emanuel Câmara, que também é o autor da escultura localizada na Praia do Meio, Zona Leste de Natal.

A estátua amanheceu pintada na cor preta no dia 28 de fevereiro. Emanuel Câmara iniciou o processo de remoção da pintura, recuperação das linhas originais para depois pintar novamente e finalizar o serviço, que foi concluído antes do tempo previsto.

A nova estátua de Iemanjá foi entregue no dia 2 de fevereiro de 2020. Ela substituiu outra mais antiga, que foi alvo de ações de vandalismo e intolerância religiosa. Considerada a rainha dos mares e dos oceanos, Iemanjá é uma divindade das religiões de matriz africana, como o candomblé e a umbanda, mas pessoas de diferentes crenças a cultuam.

A estátua tem três metros e meio de altura e pesa 4 toneladas, sendo a maior imagem de Iemanjá confeccionada no Rio Grande do Norte.