A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) está disponibilizando diversas seleções públicas para os segmentos da Literatura e do Teatro, cujos regulamentos e anexos já podem ser baixados no www.blogdafuncarte.com.br  ou www.natal.rn.gov.br

Trata-se das seleções públicas para as áreas de Vídeo Documentário (Seleção Carlos Augusto), Quadrinhos (Edmar Viana), Poesia (Nísia Floresta) e Redação (Zila Mamede), além dos editais para o segmento teatral nas áreas de Circulação de Espetáculos e Oficinas Teatrais.

O período de inscrição vai de 24 de setembro a 10 de outubro. Serão selecionadas seis propostas no valor de R$ 4,8 mil (cada) e o resultado sai dia 14 de outubro. Já as oficinas terão duração de 32 horas, com apoio financeiro para duas apresentações teatrais. Os espetáculos devem ser realizados entre 1º de novembro e 20 de dezembro.

A Funcarte também divulgou o resultado da seleção pública para Instrutores Culturais que irão ocupar os espaços administrados pela Prefeitura do Natal em programação que será divulgada em breve.

As seleções que estão disponíveis com anexos e regulamentos fazem parte da política pública de editais da Prefeitura do Natal, lançada na semana passada. Trata-se do maior volume de editais já vistos na história da cultura potiguar num total de 33, atendendo todas as vertentes de produção artística e manifestações culturais.

Todos os editais juntos tem previsão de público estimado em 600 mil pessoas em Natal. Vão desde incentivos ao Cinema, a Circulação Teatral e Formação Teatral, Fotografia, Quadrinhos, Zines, Propostas Criativas de Tecnologias Culturais e Inovação, Oficinas na área de Audiovisual, editais e seleções para Poesia, Ficção, Redação, Folclore, Vídeo Documentário, Contação de Histórias, Fomento às Expressões Culturais Religiosas, Seleção Pública Festival de Cultura e Artes das Matrizes Africana e Ameríndia, Seleção Pública Festival de Artes e Cultura LGBTQI+, Seleção de Artes e Cultura dos Povos e Comunidades Tradicionais, Seleção de Artes e Cultura Popular.

A política de editais e seleções é uma realidade de política pública que o segmento cultural e cadeia produtiva e da economia criativa de Natal assimilou e aprova”, comenta o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão

 

Mais informações: 3232-4956

www.blogdafuncarte.com.br