KaddishO Festival Goiamum Audiovisual, em sua oitava edição, acontecerá no período de 2 a 6 de junho, na Pinacoteca Potiguar, com entrada franca, e apresenta as mostras competitivas Nacional e Potiguar de curtas-metragens, mostra de filmes infantis, seminário, palestras e bate-papos com realizadores. A abertura oficial será realizada às 20h do dia 2 de junho, com exibição do curta “Ossos”, da atriz Helena Ignez, estrela do longa dirigido por Rogério Sganzerla, “Copacabana Mon Amour” (1970), que também será exibido na noite de estréia do evento. A eterna musa do cinema nacional estará presente e receberá as homenagens ao seu grande parceiro de trabalho e de vida a dois, bastante lembrado pelo clássico “O Bandido da Luz Vermelha” (1968). Após o coquetel de abertura, haverá show da banda Mahmed.

Todas as atividades do Goiamum 2015 têm entrada franca e as exibições obedecerão à classificação etária, que será expressa em cada sessão. Essa edição foi contemplada pelo edital Cine Natal, da Prefeitura do Natal, através da Fundação Cultural Capitania das Artes.

A programação do Goiamum 2015 está repleta de atrações, como a exibição do filme Sal da Terra (The Salt of the Earth, 2014), que retrata a trajetória do renomado fotógrafo Sebastião Salgado, assinado pelo diretor alemão Wim Wenders e por Juliano Salgado (filho do fotógrafo). A primeira exibição pública do documentário em Natal, que não entrou no circuito comercial dos cinemas da cidade, ocorrerá às 18h da noite de encerramento do festival, dia 6, e está sendo possível graças a uma parceria entre o Goiamum Audiovisual e a APHOTO (Associação Potiguar de Fotografia). Em seguida, haverá o debate Cinema e Fotografia, com participação de fotógrafos do RN.

Nesta edição, será realizado o programa especial Camilo Cavalcante, com exibição do seu longa-metragem de estréia, “A História da Eternidade” (2014), no dia 4, às 16h30, que até agora levou 14 prêmios e uma menção honrosa em diversos festivais. À noite, a partir das 19h, o público poderá conversar com um dos mais aclamados realizadores de sua geração, na aguardada sessão Encontro com o Diretor. O programa continua no dia 5, às 17h, com exibição dos curtas “My Way” (2010), “O velho, o mar e o lago” (2000) e “Rapsódia pra um homem comum” (2005). Juntos, esses curtas somam 32 prêmios.

O festival Goiamum também tem como objetivo fomentar a produção audiovisual por meio de palestras e debates. Para tanto, será realizado o Seminário Goiamum 2015 – “Desafios contemporâneos – Linhas de Financiamento e mercado audiovisual”, que acontecerá em três sessões, nos dias 3, 4 e 5. A primeira mesa terá como subtema “Fundo Setorial e políticas públicas de audiovisual”, e contará com a participação de Tarciana Portela (Delta Zero), e representante da Ancine.

No segundo dia de seminário, os participantes debaterão o tema “Mesa de Negócios, Mercado e Gestão de Projetos para TV e Cinema”, com João Vieira Jr. (REC Produções), Luiz Lourenço (TVU-PE) e Fernanda Senatori (Mixer). O Ministério da Cultura (MinC) terá uma mesa exclusiva no Goiamum 2015 trazendo à tona o tema ”Políticas Públicas e o Desenvolvimento Regional”, com participação de Pedro Vasconcelos (Secretário de Políticas Públicas) e Luiz Sena (Secretaria do Audiovisual). A mediação ficará a cargo de um representante do Cine Clube Natal.

A partir do segundo dia do evento, que será realizado em pleno feriadão de Corpus Christi – possibilitando maior adesão do público – a programação terá início às 10h com encerramento previsto às 22h. Entre as atividades do festival, estão previstos encontros e debates com realizadores. Serão momentos de fortalecimento e confraternização da categoria que está crescendo bastante no Brasil, e a cada festival, demarca espaço e conquista públicos em eventos nacionais e internacionais.

Confira a grade da programação:

QUARTA (20)

 

15h – Thomas, o Falcoeiro (Eslováquia), 96 min

 

17h – Tabu (Portugal), 118 min

 

QUINTA (21)

 

12h – O Sol Dentro (Itália), 100 min

 

15h – O Investigador (Hungria), 107 min

 

17h – Homens de Esperança (Rep. Tcheca), 110 min

 

SEXTA (22)

 

12h – O Reencontro (Suécia), 88 min

 

15h – A Estação de Rádio (França), 103 min

 

17h – A gangue de Oss (Países Baixos), 108 min

 

SÁBADO (23)

 

12h – Kadish para um amigo (Alemanha), 94 min

 

15h – Diamantes Negros (Espanha), 94 min

 

17h – O Amante da Rainha (Dinamarca), 132 min